Páginas

0

Desabafo de uma mãe cansada

Eu sempre soube, desde o momento em que eu fiquei grávida sabia que não seria fácil, (para ver clique aqui) mas eu estou me sentindo muito cansada, sem forças, a beira de uma crise de nervos!
Amo minha filha incondicionalmente, meu marido que me apoia todos os dias, (obrigado amor) e foi esse amor que tenho nele que me faz superar meus limites todos os dias.
O que me deixa ainda mais "culpada" é ver mulheres com a casa toda limpa e organizada, filhos com uma rotina seguida a risca, se alimentando totalmente saudável, marido com a vida sexual ativa, unhas sempre feitas, cabelos incrivelmente impecáveis e eu aqui na maioria das vezes passando o dia todo de pijama, sem tempo pra pentear até os cabelos, casa de perna pro ar e quando a Valentina adormece eu fico tão exausta que acabo dormindo do lado dela, ali mesmo e o banho ficando pro outro dia, sem falar na academia e dieta que não existem! Me dedico totalmente a ela e não me arrependo de forma alguma disso, queria apenas um banho demorado, uma comida quentinha e uma noite inteira de sono, apenas...
Mas só de pensar que o tempo esta passando tão depressa pra ela (hoje ela já esta com 9 meses), me dá uma angústia, um aperto no coração, queria ela baby pra sempre (vai entender né) mas, ser mãe é isso, é querer que o filho cresça logo pra gente poder ter nossa autonomia e independência de volta, mas ao mesmo tempo querer eles ali, bem debaixo das nossas asas, protegendo, cuidando, mimando!
É claro que a maternidade tem dias maravilhosos, a risada do bebê então, é uma delícia, parece que se vai todos os problemas! É tanto amor que sinto por ela que é como se meu coração doesse, eu amo a Valentina incondicionalmente e é esse amor que eu tento me lembrar todas as vezes que estou prestes a surtar, sei que ela precisa de mim e ninguém pode substituir meu papel na sua vida, mas  hoje eu tenho a certeza preciso mais dela pra viver!

Então eu acho completamente compreensível quando tenho crises de choro e desespero trancada no banheiro, porque nós mulheres verdadeiras choramos, sentimos, vivemos uma maternidade de culpa, dúvidas, medos, angústias. Mas também rimos, rimos muito e vibramos com cada descobrimento da vida dos pequenos, vivemos um amor tão grande e tão puro que só quem é mãe sabe
Agora eu sei, que todas nós passamos por isso e não estamos sozinhas!
Mas tudo vale a pena e um dia vamos sentir saudades, muitas saudades...


Agora que desabafei, deixa eu dormir que logo ela acorda pra mamar!
Fiquem com Deus <3

0 comentários:

Postar um comentário

 
Voltar ao Topo da Página